lunes, marzo 05, 2007

Jasmim

São seis da manhã e eu não consigo descansar. Preciso tomar um banho. Estou suado e não consigo descansar. Minha mente gira. Gira por lembranças e projeções. Então eu deito e não consigo. Então eu desisto de deitar. Daqui a pouco vou tentar de novo. Mas antes eu preciso de um banho para limpar o suor. Um banho quente. Por mais que faça muito calor na rua, eu preciso de um banho quente. Preciso deixar a água quente bater no meu corpo por minutos que parecem horas. Preciso deixar a água me relaxar. Eu sinto saudade. Sinto falta da tua presença. Por mais que nunca tenha tido tua presença, sinto falta. Sinto falta de conversar contigo. Porque eu gosto de conversar contigo. Não importo o assunto. Não é o que a gente conversa que me atrai, e sim como a gente conversa. Gosto de como a gente conversa. E sinto falta disso. São seis horas da manhã e eu não consigo dormir porque estou sentindo falta de como a gente conversa. E porque estou com calor. Por mais que a janela esteja aberta e a temperatura na rua esteja muito agradável. Aqui dentro tá calor. Aqui dentro É calor. Dentro do quarto. E de mim. Na verdade aqui dentro é desagradável. É frio quando se falta coberta. E quente quando faltam ventiladores. É desagradável. É um pontinho preto, que sobe, da boca do estômago até o peito. E ali ele dói, é quente e é frio.
Agora eu queria ir pro meio do mato. Ir pra serra. Agora eu queria o cheiro de uma pousada. E um chá inglês de morango – que eu nunca encontro pra vender – antes de dormir. E uma torta de mousse de limão com café bem quente e forte quando acordo. Antes de sair pra caminhar pelos morros. E pelas cachoeiras. Sozinho e descalço. E eu queria que tu tivesse comigo. Pra provar o chá e a torta e o café e o morro e a cachoeira e sentir o mesmo chão e o mesmo sentimento e depois a mesma saudade que eu sinto. Eu queria ir pra Três Coroas passar um tempo no Templo. E não importa o tempo do tempo. Quero ver o pôr do sol em Três Coroas. Sentado na estátua de Shiva. E queria que tu tivesse aqui pra me agradecer por te levar a um lugar bonito e te fazer feliz. Sim, o tempo todo tudo o que eu quero é te fazer feliz e ainda ser agradecido por isso. O tempo todo. Sempre foi egoísmo.
São seis da manhã e eu não consigo descansar. Estou com saudade. E preciso tomar um banho quente e botar um perfume doce que me lembra Jasmim. Estou com saudade. Preciso tanto cheirar a Jasmim quanto precisava escrever.
Estou com saudade.

6 comentarios:

Punkssauro dijo...

Massa. A parte gastronômica do meio me confundiu um pouco, tive de reler pra sacar os sabores. O início me lembrou "O Estorvo", do Chico Buarque, as idéias se atropelando e nos carregando até o olho do furacão. E o final "gaúcho", na pitada e levada de Érico. Massa, massa.

Sobre a sua faculdade, já imaginava que fosse Letras (com maiúscula, sempre!), só queria confirmar. A verve é óbvia. Mas já tá pensando em alguma especialização, idioma (français?), etc?

Massa!

Bianka dijo...

A saudade é ou o melhor ou o pior sentimento do mundo.
No meu caso, é a pior... se tu entendes.

Mas isto tudo é irrelevante.

Um beijo.

Ps.; Gostei do texto.

Júlia dijo...

Café com torta de mousse de limão, que coisa boa =D~

Eu sei fazer uma torta de limão de dar inveja aos chefs que existem por aí xD

Lindo o texto Gus :)

Saudades de conversar contigo pelo msn :/

Bisous mon ami :*****

bistap dijo...

"Jasmim"
quem diria: o 'mestre' da HquenãoSP capaz de fazer um texto deesses.
sensível e confuso que é como ficamos quando temos saudade. ponto. que é como ficamos quando estamos sem sono e precisando de águas. águas de março?

Vento. dijo...

"São seis horas da manhã e eu não consigo dormir porque estou sentindo falta de como a gente conversa."

Não precisavas de um texto tão lindo só pra dizer que tens saudades, amigo querido. Eu sei que faço falta...

Haha quanta pretensão.

Aliás, Gusta, se tu chegou a escrever o texto dos 24 anos, poltronas, cigarros e discos, quero lê-lo. Se naõ lembra do que to falando, deixa pra lá.

Bejocas meu bem. O texto ta mesmo perfecto!

Windmill dijo...

Ótimo Gu, ótimo.
Se tu tivesse escrito isso alguns meses atrás, iria te plagiar e mandar pra alguem, huehuehue
Bras ^^