lunes, junio 12, 2006

Menina

Vem
Deita aqui
Esquece, é cedo ainda
Menina, se for embora
Agora sinta mais um pouco
Me afasto
Te deixo pensando
Menina, o dia
Amanhã vai brilhar de novo
Mas quem sabe?
Aproveita
Me aquece, é cedo ainda.
Vem
Senta aqui
Me dá a tua mão menina
Mania, de querer fingir
Come, cospe
Lençóis manchados
Amassados, pisados, cortados
No leito
Me mastiga por dentro
E por fora, engasga
Morde, meu peito
E aproveita
Que está tão azul
O momento.

3 comentarios:

O Gafa dijo...

Bah, bem isso mesmo! Sem tirar nem pôr!


Se bem que pôr...

ricardo dijo...

senta aqui,
espera qu'eu não terminei.
onde é que você foi
que eu não te vejo mais
não há ninguém capaz...

chando dijo...

adoro tu poeta.

...é rola.